Cotidiano

Butantan inicia testes da vacina contra dengue com 1,2 mil voluntários campo-grandenses

Pacientes serão supervisionados durante 5 anos

Midiamax Publicado em 31/08/2016, às 19h40

None
dengue-pneus.jpg

Pacientes serão supervisionados durante 5 anos

O Instituto Butantan, responsável pela produção de importantes vacinas no país, começa nesta quinta-feira (1º) os testes da vacina contra a dengue em Campo Grande. So neste ano, a dengue já matou 17 pessoas em Mato Grosso do Sul, conforme dados do último boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Na Capital, 1,2 mil voluntários, que já contraíram ou não a doença, irão tomar a única dose da vacina. Esses pacientes serão supervisionados durante cinco anos e o monitoramento acontecerá de diversas formas, como contatos por telefone ou com agendamento de visitas.

Butantan inicia testes da vacina contra dengue com 1,2 mil voluntários campo-grandensesA vacina, produzida com vírus vivos, mas geneticamente enfraquecidos, foi desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH, em inglês).

Participam do evento o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, o secretário de Estado de Saúde, Nelson Tavares, o diretor do Instituto Butantan, Jorge Kalil, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e o secretário de Saúde de São Paulo, David Uip.

Conforme o Butantan, já existe uma fábrica capaz de produzir em pequena escala a vacina da dengue, aproximadamente 500 mil doses por ano. No entanto, essa capacidade pode saltar para 12 milhões de doses/ano.

O início dos trabalhos será às 10h30 na UBS (Unidade Básica de Saúde (UBS), do bairro Coophavila II, que fica na Rua dos Recifes, sem número.

Jornal Midiamax