Cotidiano

Bernal atrasa e professores se reúnem com secretários para discutir reajuste

Categoria pede 17,8% em maio

Kemila Pellin Publicado em 29/02/2016, às 20h40

None
prefeitura_2.jpg

Categoria pede 17,8% em maio

Os professores da Reme (Rede Municipal de Ensino) estão reunidos com a comissão de secretários, formada pelo prefeito Alcides Bernal (PP) para negociar o reajuste salarial, na sede da Seplanfic (Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Controle), na tarde desta segunda-feira (29), para discutir uma forma de pagamento dos reajustes equivalentes a 2015 e 2016. O prefeito confirmou presença, mas ainda não chegou.

A categoria decidiu em assembleia no dia 4 deste mês, que aceita dividir o percentual de 13,01%, relativo a 2015 em duas vezes, desde que a primeira parcela, de 6,505% seja repassada em maio, junto com o reajuste anual de 2016, de 11,36%, ou seja, 17,8% em uma única vez.

A decisão foi encaminhada ao Executivo, por meio de ofício e agora as duas partes se reúnem para tentar um acordo. O presidente da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública) Lucílio Nobre destacou que está otimista em relação a conversa, afirmando que 'já está na hora de por um ponto final nesse impasse'. “É preciso cumprir a lei e dar uma posição concreta, que de fato valorize o importante trabalho dos profissionais da educação”, disse

Foram a comissão os secretários de Planejamento, Disney Fernandes, Adiministração Ricardo Ballock, Governo Paulo Pedra e de Educação Leila Machado.

Na mídia

A categoria decidiu colocar o anúncio da reunião na tevê, onde é dito claramente que o prefeito tem dias X para cumprir a Lei, fazendo menção a reunião de hoje. O comercial também faz um chamado a todos os profissionais, para participar de assembleia geral nesta terça-feira (1º), às 18 horas, na sede da ACP.

Veja o vídeo aqui

Jornal Midiamax