Cotidiano

Após decisão favorável a Lula, movimento anuncia novo protesto pelo impeachment

Avança Brasil se reúne às 16h

Midiamax Publicado em 18/03/2016, às 18h53

None
img-20160318-wa0009.jpg

Avança Brasil se reúne às 16h

O movimento pró-impeachment Avança Brasil informou que vai se reunir a partir das 16h desta sexta-feira (18) em frente ao MPF (Ministério Público Federal), em Campo Grande, após o retorno de Lula à Casa Civil. Um dos outros grupos responsáveis pela manifestação, Reaja Brasil, já comunicou que não vai sair às ruas hoje para evitar confronto com os favoráveis ao PT.

“De manhã fechamos a Avenida 14 de julho, depois subimos para a Afonso Pena, em frente ao MPF. Participamos da passeata dos caminhoneiros. E, a partir das 16 horas nos reunimos novamente no MPF. É uma resistência popular. Vamos continuar nas ruas até o Lula e a Dilma saírem”, disse uma das manifestantes Fabrícia Salles.

A maçonaria de Campo Grande informou que não vai sair às ruas nesta tarde, mas que amanhã possivelmente vão se manifestar.

O movimento Reaja comunicou que não sai para manifestação hoje para evitar confronto. A decisão, segundo divulgado, segue orientação nacional, “em respeito às outras manifestações, contrárias a nossa posição, já programadas para esta sexta-feira (18)”.

De acordo com a nota divulgada, o objetivo é “manter as manifestações pacíficas com a grande participação das famílias brasileiras”. Segundo o Reaja Brasil, a única atividade de hoje é foi manifestação organizada pelo Setlog (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística), carreata dos caminhoneiros na Avenida Afonso Pena. Amanhã, 19 de março, a manifestação em frente ao MPF será retomada, de acordo com a divulgação.

Jornal Midiamax