Cotidiano

Após 4 dias, médico faz ‘parto’ de bebê que morreu na barriga da mãe

Procedimento segue protocolo do Ministério da Saúde

Midiamax Publicado em 27/02/2016, às 15h31

None
mineia_facebook.jpg

Procedimento segue protocolo do Ministério da Saúde

Mineia Souza Bento, de 36 anos, que estava com um bebê morto na barrigada desde quarta-feira, conseguiu fazer o parto normal, na manhã deste sábado (27).

Conforme assessoria de comunicação da Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande, o médico obstetra Leonildo Herrero, responsável pela paciente, "manteve a conduta indicada pelo protocolo de saúde".

De acordo com as informações, Mineia, que estava tomando medicação para indução do parto, respondeu ao medicamento e entrou em trabalho de parto às 8h15 de hoje.

A assessoria de comunicação da Santa Casa destaca que o médico acompanhou a paciente e que a previsão é de que ela receba alta médica neste domingo (28), "livre de riscos inerentes às cirurgias invasivas". Após 4 dias, médico faz 'parto' de bebê que morreu na barriga da mãe

Nessa sexta-feira (26), familiares de Mineia disseram que estavam preocupados com a demora da retirada do bebê.

"Estão querendo fazer o parto normal. Os médicos dizem que tem de ser desse jeito porque não sabem do que o bebê morreu e por isso não podem fazer cirurgia, mas ainda assim queremos entender o motivo de tanta demora. O bebê está no útero dela e ficamos preocupamos em poder passar alguma infecção", declara Maria de Fátima Oliveira Bento, de 57 anos, tia da paciente.

Na ocasião, a assessoria de comunicação da Santa Casa explicou que estava "seguindo o protocolo médico indicado para o caso" a fim de "poupar a paciente de riscos maiores" e que de acordo com o manual técnico do Ministério da Saúde, "o prazo protocolar é de quatro a cinco semanas após a morte fetal".

Jornal Midiamax