Cotidiano

Adolescentes picharam e sabotaram bebedouro de escola, diz polícia

Garotos não deram motivo para vandalismo

Wendy Tonhati Publicado em 01/07/2016, às 15h03

None
05d09465-b34e-4da7-9078-fd81a96d2700.jpg

Garotos não deram motivo para vandalismo

Quatro adolescentes foram identificados como responsáveis por atos de vandalismo na Escola Escola Estadual José Alves Quito, em Corguinho, a 96 quilômetros de Campo Grande. 

De acordo com o delegado Paulo Roberto Diniz, a investigação apontou quatro estudantes da escola, todos menores de idade. “Eles não souberam dizer o porquê do vandalismo”, disse a autoridade policial. Os garotos vão responder por ato infracional de dano ao patrimônio público e pichação. 

Pânico

Pais e alunos ficaram em pânico por conta de pichações e uma sabotagem feita ao bebedouro. Pimenta e detergente foram colocados junto com água que os alunos e servidores bebem.  A escola foi pichada com ameaças, inclusive com a palavra morte nas paredes, tinta vermelha e dizeres ameaçadores, inclusive na caixa d'água. 

O local também foi vandalizado com mesas quebradas, materiais espelhados e papel higiênico jogado nas árvores. Conforme a assessoria de imprensa do Governo Estadual, a direção providenciou a limpeza do bebedouro e iniciada a recuperação dos outros ambientes danificados. 

Jornal Midiamax