Cotidiano

VÍDEO: servidoras de UPA são flagradas acessando rede social em horário de trabalho

Na tela do monitor é possivel ver a página do Facebook

Midiamax Publicado em 26/11/2015, às 11h36

None
img-20150324-wa0027.jpg

Na tela do monitor é possivel ver a página do Facebook

Leitor do Jornal Midiamax flagrou na noite desta quarta-feira (25) duas atendentes da UPA (Unidade de Pronto Atendimento Comunitário), no Bairro Universitário, região sul da cidade, acessando uma rede social em pleno horário de expediente. Ele aguardava atendimento médico quando resolveu gravar a cena.

O paciente disse que o posto tinha um número expressivo de pessoas que aguardavam atendimento médico, por volta das 20h51. Ele disse que as servidoras atendiam os pacientes com descaso e sempre prestando atenção na tela do computador.

O leitor disse que o que chamou sua atenção foi o fato de mesmo com as pessoas chegando à unidade, elas não faziam questão de sair do Facebook. De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura, não há decreto proibindo o servidor de acessar as redes sociais, porém há cobrança das chefias de setores e departamentos sobre a produtividade.

A orientação é que os usuários façam as reclamações à Ouvidoria do SUS/Sesau pelo telefone 3314-9955. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) está implantando o projeto paciente oculto para identificar problemas com atendimento e assim melhorar o relacionamento direto entre servidores e usuários.

WhatsApp: fale com os jornalistas

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei. (*Editada às 9h57 para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax