Cotidiano

VÍDEO: elevador emperra e motorista ‘puxa’ cadeirante para entrar no ônibus

Caso foi flagrado por um leitor do Midiamax

Kemila Pellin Publicado em 01/10/2015, às 19h47

None
imagem_cadeirante.png

Caso foi flagrado por um leitor do Midiamax

Uma, duas, três, são várias as tentativas até o motorista do ônibus desistir do elevador e puxar a cadeirante para dentro do coletivo. O vídeo, enviado por um leitor pelo WhatsApp, reforça as péssimas condições do transporte público em Campo Grande, já denunciadas pelo Midiamax em reportagens anteriores.


Nesta quarta-feira (30) uma foto de um usuário com o guarda-chuva aberto dentro ônibus, viralizou na internet e chamou a atenção dos leitores do Midiamax, que afirmaram “não ser nenhuma novidade” chover dentro do busão. “É normal. Goteira sempre tem. Isso quando não escorre água pelas paredes e formam poças no corredor. Já vi muita gente sair molhada do ônibus”, contou a estudante Bruna Pereira dos Santos, de 24 anos.

Outro caso, que também gerou polêmica, foi um veículo, da linha General Osório – Guaicurus (87), que circulou com parte do teto solto, oferecendo riscos aos passageiros. Na ocasião, a empresa afirmou que iria recolher a unidade e efetuar os reparos necessários.

Diante de tantas criticas, alguns usuários já batizaram o transporte público da cidade de “Carroções”. “Tem linha que você pega, que não é um ônibus, é uma carroça. Nem as portas fecham”, diz o aposentado, que preferiu não se identificar.

Elda Lamberti, de 69 anos, também usou a expressão para se referir ao coletivo. “Em horário de pico, tem linhas que são verdadeiras carroças. Além de cair aos pedaços, ninguém respeita, ninguém levanta para o idoso sentar”, afirmou.

A queixa desta quinta-feira (1º), aconteceu na linha Itamaracá (103). No vídeo da para ouvir, além das pancadas do motorista tentando fazer o elevador funcionar, algumas passageiras reclamando das condições do transporte público. “Além de passar atrasado, ainda é tudo velho e quebrado”, conclui.

Jornal Midiamax