UEMS de Campo Grande custou R$ 47 milhões e será entregue no próximo dia 3

Construção começou durante governo de Puccinelli
| 30/07/2015
- 21:29
UEMS de Campo Grande custou R$ 47 milhões e será entregue no próximo dia 3

Construção começou durante governo de Puccinelli

O prédio da (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) será entregue pelo governo de Mato Grosso do Sul na manhã próxima segunda-feira, dia 03, em Campo Grande.

A obra foi iniciada ainda no mandato do ex-governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), que destinou a área na região da Embrapa, na saída para Rochedinho, em 2013, para a universidade construir nova unidade. De acordo com informações da assessoria de imprensa da UEMS, a obra custou, ao todo, R$ 47 milhões. A entrega do

Para o reitor Fábio Edir dos Santos Costa, o prédio é a realização de antigo anseio da Universidade que, até então, não tinha na Capital uma estrutura adequada para o desenvolvimento das atividades acadêmicas. “Além de ganharmos uma nova unidade, Campo Grande ganha um novo cartão postal, pois quem visitar o novo prédio verá como ficaram bonitas as instalações”, disse o reitor. A unidade será entregue já com os mobiliários instalados. 

No local serão disponibilizados aos estudantes os seguintes cursos : Artes Cênicas, Geografia, Letras Português-Espanhol e Português-Inglês, Letras bacharelado, Pedagogia, Medicina, Turismo e cursos de pós-graduação.

A nova Unidade Universitária ocupa um terreno de 120 mil metros quadrados, sendo 21 mil metros quadrados de área construída. As instalações contam com sete blocos distribuídos em salas de aula e administrativos, laboratórios, biblioteca, um teatro, passarelas, bicicletários, subestação, guaritas, além de um lago artificial central e colunas inspiradas em pinturas indígenas. 

No primeiro bloco da UEMS de Campo Grande está o espaço definido como Convívio. No segundo vão funcionar os cursos de Artes Cênicas e Turismo. Já no bloco 3 o curso de Letras e no bloco 4 o setor de Administração, Urbanismo e Infraestrutura. Nos blocos 5, 6 e 7 ficarão os cursos de Medicina, ala de laboratórios e os cursos de Geografia e Pedagogia. 

 

Veja também

Um carro Fiat Siena ficou preso em uma erosão na Rua Divino de Castro, no...

Últimas notícias