Cotidiano

Técnicos da UFMS encerram greve e retomam atividades na quinta-feira

Professores ainda estudam saída unificada

Kemila Pellin Publicado em 06/10/2015, às 18h41

None
images.jpg

Professores ainda estudam saída unificada

Os técnicos da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), e dos demais centros federais do Estado e do país, decidiram pelo fim da greve, e devem retomar as atividades na quinta-feira (8), desde que o Ministro de Planejamento, Nelson Barbosa, assine a minuta do acordo, que está prevista para está terça-feira (6).

De acordo com o Sista (Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino de Mato Grosso do Sul), a decisão foi tomada durante assembleia, na manhã de hoje, na Cidade Universitária. No acordo com o governo federal, foram conquistados benefícios no auxílio alimentação e auxílio-creche, e o reajuste da categoria será em dois anos (2016 e 2017) e não em quatro anos, como foi proposto pelo governo.

Em Campo Grande, são mais de 1800 técnicos, divididos em diversos setores da UFMS. Apenas trabalhadores do HU (Hospital Universitário) e de serviços essenciais, como segurança, mantiveram o mínimo de 30% do quadro durante a greve.

Greve dos professores:

A greve dos professores das universidades federais, iniciada em 15 de junho, também caminha para o fim, mas sem data definida até o momento. De acordo com o presidente da Adufms (Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), José Carlos da Silva, os educadores já sinalizaram para uma saída unificada da greve, no último dia 30, porém, ainda aguardam um parecer do Comando Nacional da Greve do ANDES – Sindicato Nacional.

“O comando Nacional entende que é viável a saída unificada, mas ainda não definiu data para isso. Amanhã devemos propor uma data para saída, durante assembleia”, explicou. A reunião está prevista para as 13h30, na UFMS.

Jornal Midiamax