Cotidiano

Servidores do judiciário federal em MS decidem manter paralisação

Servidores aguardam sanção do PLC

Midiamax Publicado em 01/07/2015, às 21h19

None
unnamed.jpg

Servidores aguardam sanção do PLC

Servidores do Judiciário Federal decidiram continuam a greve iniciada pela categoria há duas semanas em Mato Grosso do Sul.

Conforme informações da assessoria de imprensa do Sindjufe-MS (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e Ministério Público da União), apesar da aprovação do PLC 28/2015, que cria o plano de carreira dos servidores do Poder Judiciário da União, os trabalhadores do Estado continuarão de braços cruzados até que a presidente Dilma Rousseff (PT) sancione a matéria. A decisão foi tomada durante assembleia realizada no sindicato nesta quarta-feira (01)

Segundo o Sindjufe-MS,os servidores decidiram continuar o manifesto até a decisão do governo de sancionar a lei aprovada nessa terça-feira.

A proposta de criação de um plano de carreira é motivo de protestos da categoria desde o ano passado. Os servidores reclamam estar há nove anos sem reposição de seus salários em relação à inflação, o que levou seus vencimentos a uma defasagem de 50% em relação à alta de preços.

Pelo que foi aprovado nesta terça-feira no Senado, os reajustes variam de 53% a 78,56% e serão implantados entre julho deste ano e dezembro de 2017, em parcelas iguais. Em média, o aumento será de 56,49%.

Jornal Midiamax