Cotidiano

Sem propostas enfermeiros dizem que greve já poderia ser encerrada

Prefeitura não cumpriu promessa de enviar acordo para categoria

Midiamax Publicado em 03/07/2015, às 11h06

None
_mg_3655_pequeno.jpg

Prefeitura não cumpriu promessa de enviar acordo para categoria

O representante dos enfermeiros do Sinte PMCG (Sindicato dos Trabalhadores da Enfermagem da Prefeitura de Campo Grande), Hederson Fritz Morais de Silveira, disse na manhã desta sexta-feira (3), que a greve, que começou no último dia 20, já poderia ter sido encerrada se a Prefeitura tivesse encaminhado a proposta para a categoria.

Na manhã dessa quinta-feira (2), o chefe da Semad (Secretaria Municipal de Administração), Wilson do Prado, que também participa da Comissão de Negociação da Prefeitura, se compromete a encaminhar uma proposta até às 17 horas de ontem, o que não ocorreu.

“Com um encaminhamento dele já teríamos a suspensão da paralisação porque chamaríamos a categoria para assembleia e poderíamos colocar fim a greve já neste fim de semana”, declara.

Ontem o desembargador Fernando Mauro Moreira Marinho designou uma audiência de conciliação entre a categoria e a Comissão de Negociação da Prefeitura. A reunião acontece na próxima terça-feira (7), às 14h30 no TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Fritz destaca que apesar do descumprimento do acordo firmado durante reunião entre representantes da comissão negociadora dos trabalhadores de enfermagem do município e o secretário, a categoria permanece aguardando pela audiência na próxima semana. “De qualquer forma ainda temos a audiência, vamos continuar esperando”, destaca.

A reportagem do Jornal Midiamax tentou falar, por telefone, com o secretário Wilson do Prado, no entanto, ele não atendeu às ligações e até o fechamento deste texto não retornou às chamadas.

Jornal Midiamax