Cotidiano

Secretário desmente ACP e diz que não há novas propostas para professores

Wilson do Prado afirma que reajuste não pode ser feito agora

Kemila Pellin Publicado em 11/08/2015, às 20h07

None
download.jpg

Wilson do Prado afirma que reajuste não pode ser feito agora

O secretário de Administração, Wilson do Prado afirmou que, ao contrario do que disse o presidente da ACP (Sindicato Campo-Grande dos Profissionais da Educação Pública), Geraldo Gonçalves, a Prefeitura não tem nenhuma nova proposta para apresentar a categoria. Prado destacou que tudo que o Executivo poderia oferecer, foi apresentado e que agora a decisão fica por conta da Justiça.

“Neste momento o município não pode fazer proposta nenhuma. O modo como o município que pagar eles não aceitam. A corda não amolece para o lado deles, ela só estica, é perigo a gente mandar proposta aqui e eles disserem que aceitam e depois não aceitarem. Então na verdade eles não querem aceitar, eles querem continuar em greve”, destaca.

O secretário também reforça que a categoria diminuiu o tempo de parcelamento do reajuste. “Eles querem parcelado até abril, então da oito vezes e não dez como estavam pedindo antes”.

Sobre a Prefeitura entrar com pedido de antecipação do julgamento da ação que deve dar fim a greve, Prado disse que isso já foi feito há pouco mais de uma semana. “Como a greve já atingiu um tempo muito expressivo, o município pediu para que seja avaliada pelo TJ, porque a greve não pode ser perpétua. Então, ou declara ilegal ou manda pagar, mas tem que voltar as aulas”, conclui o secretario.

Jornal Midiamax