Cotidiano

Posto policial de combate ao roubo de gado é inaugurado na Acrissul

A cerimônia de inauguração ocorreu nesta quinta-feira (16)

Renata Portela Publicado em 16/07/2015, às 13h52

None
img-20150716-wa0026.jpg

A cerimônia de inauguração ocorreu nesta quinta-feira (16)

Na manhã desta quinta-feira (16), foi inaugurada a Seção de Repressão a Crimes de Abigeato, furto ou roubo de gado, do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros). A seção fica localizada na sede da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), no Parque Laucídio Coelho.

O posto será comandado pelo Garras e investigará o roubo de gado. De acordo com o presidente da Acrissul, Chico Maia, a seção também servirá para investigar roubos e desvios de tudo o que estiver ligado ao produtor rural.

Segundo diretor da Polícia Civil, Roberval Maurício Cardoso Rodrigues, a instalação deste posto na Acrissul é um avanço, pois a investigação deste setor tem que ser feita com pessoal especializado. “Este posto avançado vai facilitar a comunicação entre produtores rurais e a Polícia Civil”, declarou o presidente.

Ainda segundo Rodrigues, em 2015 já foram recuperadas aproximadamente mil cabeças de gados roubadas e 30 pessoas foram presas por envolvimento com o crime de abigeato. O diretor ainda afirmou que este tipo de crime vem crescendo no Estado nos últimos tempos, pela valorização da mercadoria, por isso a necessidade de um setor especializado em abigeato.

Homenagem

A sala localizda na Acrissul recebe o nome de Licínio Moreira de Almeida, primeiro delegado da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) e também o primeiro titular do setor especializado de abigeato. Licínio faleceu aos 67 anos, em julho de 2014 e familiares do delegado estiveram presentes na cerimônia.

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), afirmou que a homenagem foi muito bem pensada e que estava muito feliz. Ele relembrou que em 1998, uma fazenda da família dele, localizada em Bela Vista, foi roubada e que várias cabeças de gado foram levadas. O governador lembrou que o delegado Licínio resolveu o caso, recuperou o gado e prendeu os responsáveis. 

Jornal Midiamax