Empresário diz que técnico foi imprudente

Uma equipe da Agência Estadual de Metrologia fez uma inspeção do medidor de energia elétrica de mercado acusado de ‘gato’ e comprovou que o aferidor está em conformidade com a Portaria do Inmetro. O estabelecimento comercial que fica localizado no Tijuca, região sudoeste de Campo Grande, estava com o padrão de energia normal.

O eletricista da concessionária de energia observou que “lacres de aferidor suspeitos de serem falsos e disco riscado” e acabou registrando a ocorrência. O caso foi registrado na delegacia, mas nenhuma autuação foi processada, pois a autoridade policial havia de aguardar a perícia técnica nos medidores.

Assim, o que houve  foi mera suspeita. A perícia foi realizada pelo Inmetro na quinta-feira (14), e todos os medidores foram aprovados, sendo constatado “lacres normais”, comprovando que nenhuma fraude, ou gato de energia elétrica, fora cometida pelo mercado.

Segundo o comerciante, o técnico da concessionária de energia foi imprudente ao registrar termo de ocorrência com base em meras suspeitas.  A própria empresa de energia elétrica  também fez uma inspeção nos lacres e no medidor e não foram constatadas irregularidades.