Cotidiano

Para aperfeiçoar atendimento, bombeiros simulam salvamento terrestre

O salvamento terrestre é uma atividade rotineira 

Diego Alves Publicado em 24/11/2015, às 23h28

None
a.jpg

O salvamento terrestre é uma atividade rotineira 

Com o objetivo de padronizar procedimentos, aperfeiçoar e agilizar o atendimento oferecido à população, o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul realizou nesta terça-feira (24), nos altos da Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, a simulação de retirada de vítima de queda em córrego, com politraumatismo.

Realizado pelos militares do serviço operacional do 1º Subgrupamento, a simulação é parte do treinamento continuado das equipes do Corpo de Bombeiros que prestam socorro à população. O salvamento terrestre é uma atividade rotineira dos bombeiros no Estado, com o resgate de pessoas, animais, prevenção de acidentes e recuperação de cadáveres.

O treinamento também capacita os bombeiros para o salvamento de vítimas em elevadores, torres, antenas, edificações, locais de difícil acesso, em encostas e montanhas, acidentes automobilísticos, ferroviários e aeres, além das atividades de corte de árvores, enxame de insetos, entre outros.

Este ano os homens e mulheres do Corpo de Bombeiros já atenderam 79.821 ocorrências nos 79 municípios do Estado, a maioria de salvamentos terrestres.

Jornal Midiamax