Cotidiano

Pai se desentende com médico e falta de atendimento vira caso de polícia no Cempe

Apenas um médico estaria atendendo nesta segunda-feira

Wendy Tonhati Publicado em 16/11/2015, às 14h40

None
_mg_7437.jpg

Apenas um médico estaria atendendo nesta segunda-feira

A Polícia Militar foi acionada após um suposto desentendimento entre um pai e um médico do Pai (Pronto Atendimento Integrado), também conhecido como Cempe (Centro Municipal Pediátrico), na manhã desta segunda-feira (16). 

O Jornal Midiamax foi até o local e constatou duas viaturas da PM na frente da unidade médica. Os militares informaram que foram acionados por conta de um desentendimento, mas que o caso não classificado como crime e nenhuma ocorrência foi registrada no momento. 

De acordo com uma denúncia anônima recebida pelo Jornal Midiamax, a confusão entre o pai e o médico teria ocorrido pois nesta segunda, há apenas um médico no local para atender à urgências e emergências. Mais cedo, a Prefeitura de Campo Grande foi questionada sobre a situação da unidade estava normalizada, porém, não houve resposta. 

Problemas

Desde a quinta-feira (12), os pais estão reclamando que 'dão com a cara na porta' uma vez, que só há médicos para atender urgências. Na sexta-feira (13), um aviso foi fixado na entrada do pronto atendimento avisando que não teria atendimento na parte da manhã, mas com a chegada da equipe do Jornal Midiamax ao local, o aviso foi retirado.

Nesta segunda, um pai denunciou que uma médica teria prescrito uma medicação errada para a filha, de 1 mês de 10 dias, no último sábado (14). Conforme o vigilante Dalmácio Ortiz Martins, o remédio foi comprado e na hora de dar à criança, foi verificado um aviso na embalagem, sobre o perigo de sufocamento de menores de seis meses. 

 WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax