Cotidiano

Ônibus para assentados e ribeirinhos está parado há oito meses na Capital

Incra diz que ônibus não serve e será doado

Midiamax Publicado em 05/11/2015, às 17h32

None
onibus_incra.jpg

Incra diz que ônibus não serve e será doado

Um ônibus que, em tese, serviria para atender os assentados e ribeirinhos, está há oito meses parado no pátio da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), no bairro Indubrasil, em Campo Grande.

O Jornal Midiamax recebeu a denúncia nesta quarta-feira (4), de que o ônibus, que teria custado cerca de R$ 500 mil, já está apodrecendo e desbotando. Ainda segundo o denunciante, o veículo não teria sido utilizado nenhuma vez.

Ônibus deve ser doado

O Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) declarou que o ônibus era do MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário) e passou para o patrimônio do Incra, mas está parado desde março por não ter sido adaptado ao trabalho.

De acordo com o Instituto, o veículo é muito grande e de difícil acesso aos assentamentos e comunidades ribeirinhas. O Incra já está concluindo os procedimentos para doar o veículo e deve oferecê-lo para alguma prefeitura de Mato Grosso do Sul ou ao Governo do Estado.

Jornal Midiamax