Cotidiano

MPE investiga falsificação de registros de nascimentos em Sete Quedas

Cinco pessoas da mesma família serão investigadas. Município faz fronteira com Paraguai

Guilherme Cavalcante Publicado em 13/10/2015, às 23h09

None
mpe-ms_3.jpg

Cinco pessoas da mesma família serão investigadas. Município faz fronteira com Paraguai

A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Sete Quedas, na região sul do estado, instaurou inquérito civil com o objetivo de apurar eventual registro de nascimento irregular no Brasil de cinco pessoas: Francisca Acosta Marques, Cecília Acosta Marques, Lorenzo Acosta Marques, Osmar Cezar Acosta Marques e Elio Acosta Marques.

O município de Sete Quedas faz fronteira com a cidade de Corpus Christi, no Paraguai. É comum na região casos de falsificação de registros de nascimentos para que pessoas com nacionalidade paraguaia tenham acesso a serviços como SUS (Sistema Único de Saúde).

A investigação será conduzida pelo promotor de Justiça William Marra Silva Junior.

Jornal Midiamax