Cotidiano

MP investiga frequência e assiduidade de servidores municipais de Juti

Inquérito seguirá na 1ª Promotoria de Justiça de Caarapó

Guilherme Cavalcante Publicado em 06/10/2015, às 23h20

None
juti.jpg

Inquérito seguirá na 1ª Promotoria de Justiça de Caarapó

A promotora de justiça Fernanda Rotilli Dias, da 1ª Promotoria de Justiça de Caarapó, abriu inquérito civil  10/2015 para investigar o município de Juti quanto à modalidade de controle/registro de assiduidade e pontualidade de servidores públicos da Prefeitura.

O inquérito também investigará eventual omissão do município em fiscalizar/exigir o efetivo registro da frequência dos funcionários.

Jornal Midiamax