Cotidiano

Morre no hospital padre de 80 anos vítima de queda de avião no Pantanal

Outro ferido está sendo transportado para a Capital

Kemila Pellin Publicado em 06/10/2015, às 17h50

None
0c583df5bf269f1869a14d9f3bd5011b.jpg

Outro ferido está sendo transportado para a Capital

O padre Ernesto Pradebom, de 80 anos, que tripulava o avião “Embraer 721 C”, que caiu na manhã desta terça-feira (6), na região pantaneira, a 150 quilômetros de Coxim, não resistiu aos ferimentos e morreu, por volta das 13h45. O idoso sofreu uma parada cardíaca durante o transporte em helicóptero do Esquadrão Pelicano para o avião da FAB (Força Aérea Brasileira) no aeroporto de Coxim.

De acordo com o site Edição de Notícias, Ernesto sofreu traumatismo craniano encefálico, seguido de parada cardiorrespiratória, e morreu logo que deu entrada no Hospital Regional Álvaro Fontoura, em Coxim. A advogado Luiz Eduardo Pradebom, de 46 anos, sobrinho de Ernesto, permanece no HR de Coxim, com ferimentos leves.

O piloto da aeronave José de Armathea Dias Barros, de 63 anos, está sendo transferido para Campo Grande. Não há informações sobre seu estado de saúde.

Acidente

O avião particular com três ocupantes caiu na manhã desta terça-feira (6), em aeronave caiu na pista de pouso de uma fazenda.

De acordo com a assessoria da Base Aérea de Campo Grande, uma equipe do Esquadrão Pelicano com quatro militares, entre eles um médico, saíram da Capital a cerca de 30 minutos para fazer o resgate das vítimas e os primeiros socorros. As causas do acidente ainda são desconhecidas e devem ser investigadas.

(Matéria alterada às 16h10 para correção de informações)

Jornal Midiamax