Cotidiano

Missão com 15 instituições religiosas vem a MS para vistar aldeias indígena

Movimentos pedem criação de CPI para investigar crimes contra índios

Midiamax Publicado em 06/10/2015, às 11h14

None
indigenas.jpg

Movimentos pedem criação de CPI para investigar crimes contra índios

Uma missão ecumênica, composta por quinze instituições religiosas do Brasil, da América Latina e uma da Holanda, vai vistar o Estado na próxima quarta (7) e quinta-feira (8) em em solidariedade aos indígenas da etnia guarani-kaiowá e em defesa da criação da CPI do Genocídio (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar possíveis crimes e violência cometidos contra os indígenas do Estado.

Conforme informações do movimento, as instituições manifestam solidariedade ao Cimi (Conselho Indigenista Missionário), que é investigado por uma CPI da Assembleia Legislativa, e às lideranças indígenas que estão sendo investigadas pela referida CPI.

A missão deve estar acompanhada por jornalistas internacionais. No dia 7, está previsto às 15 horas, um ato ecumênico na Assembleia Legislativa. No dia 8, a missão segue para Dourados, onde fará uma visita, as 8h30, às comunidades indígenas Apikai  e Guyra Kamby’i.

Jornal Midiamax