Cotidiano

Mesmo correndo contra o tempo, folga para professores é mantida

Depois da greve as escolas estão tendo aulas no feriado

Kemila Pellin Publicado em 14/10/2015, às 20h15

None
escola_municipal_gw_pequena_0_0.jpg

Depois da greve as escolas estão tendo aulas no feriado

Mesmo comprimindo o calendário acadêmico, para recuperar os 67 dias letivos perdidos durante a greve, os professores da Reme (Rede Municipal de Ensino) vão poder curtir esta quinta-feira, 15 de outubro, sem trabalhar. A data marca o Dia do Professor, e o feriado já é tradicional para categoria, sendo programado no início do ano, quando é montado o calendário escolar.

Segundo o presidente da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública), Geraldo Gonçalves, o feriado foi reforçado em uma reunião entre a categoria e a secretária de Educação, Leila Machado, no início do mês. “A única dúvida era quanto aos professores das Ceinfs (Centro de Educação Infantil), porque parece que o prefeito havia solicitado que eles trabalhassem no feriado, mas a secretária disse que iria intervir para que eles fossem dispensado”, explicou.

A Prefeitura reforçou que todas as unidades de ensino de Campo Grande vão aderir ao feriado.

Comemoração

A ACP ainda informou que o sindicato vai realizar uma festa para os quase dois mil associados, no Clube de Campo dos Professores, localizado no Bairro Santa Emília. O governador do Estado, Reinaldo Azambuja, o prefeito Alcides Bernal e os secretários de Educação, estadual e municipal, foram convidados para participar o evento.

Jornal Midiamax