Cotidiano

Mato em calçada impede tráfego de pedestre em região com grande fluxo de crianças

Pai de aluno diz que fez diversas denúncias na Semadur e que não houve providência

Midiamax Publicado em 17/04/2015, às 14h46

None
img-20150417-wa0046_pequena.jpg

Pai de aluno diz que fez diversas denúncias na Semadur e que não houve providência

Sem limpeza há pelo menos quatro meses o mato tomou conta da calçada e impede a passagem de pedestres em uma área com grande fluxo de crianças. Segundo as informações, o problema ocorre no cruzamento entre as ruas Ingazeira e Caliandra, no Santa Fé, próximo a Escola Municipal Danda Nunes, em Campo Grande.

O empresário João Dias, de 47 anos, diz que ligou em várias ocasiões para a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) para relatar a situação, no entanto, segundo ele, não houve providências a respeito do caso.

“Estou desde o início de fevereiro ligando todas as semanas para informar este mesmo problema. Isso é um descaso do setor público. Acredito que a própria Semed [Secretaria Municipal de Educação] deveria cuidar do entorno da escola, afinal, neste caso as crianças que estudam ali acabam correndo risco, afinal, como não conseguem passar pela calçada e acabam tendo de andar na rua”, ressalta.

O empresário é pai de uma criança de 11 anos e um adolescente, 13. Os dois estudam na Escola Municipal Danda Nunes. Ela afirma que a maior preocupação é que aconteça algum acidente. “Como pai fico muito preocupado. Os alunos que passam por ali têm de andar pela rua e isso é muito perigoso porque falta sinalização e os carros passam em alta velocidade, esses dias atrás por pouco não aconteceu um atropelamento”, relata.

 A Prefeitura orienta que ao ligar para a Semadur é importante solicitar o número de protocolo de para que possa acompanhar o andamento da denúncia. A assessoria de comunicação garante que a situação relatada pelo leitor será encaminhada da à Secretaria responsável.

Em casos como este a reclamação deve ser feita no telefone: 156. Após a denúncia um fiscal da Semadur deve ir ao local e se constatado o problema, deverá notificar o responsável para que a limpeza seja realizada. O proprietário que não cumprir o aviso pode ser multado. A multa varia entre R$ 1.624,50e R$ 6.498,00, de acordo com a gravidade.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as informações ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax