Cotidiano

Indígenas contestam coordenador nomeado alegando que foi escolha de Delcídio

Lindomar Terena foi assumir nestaquinta-feira a Sesai 

Midiamax Publicado em 26/11/2015, às 21h49

None
img_2162_interna.jpg

Lindomar Terena foi assumir nestaquinta-feira a Sesai 

Nesta quinta-feira (26), Lindomar Terena foi se apresentar à coordenação da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), a qual deve assumir no dia 1° de dezembro, o que não agradou muitos indígenas do Estado. Lideranças repudiam a nomeação, segundo eles, indicação política do senador Delcídio do Amaral (PT). A partir de sábado, indígenas vão fechar polos-base da Sesai e bloquear rodovias contra a decisão.

De acordo com Dionedison Terena, Lindomar foi indicado pelo Conselho Terena e Aty Guasu. “Ele vem da Aldeia Mãe Terra e vem de uma lua antiga pelos indígenas. Semana que vem, ele vai começar as visitas as aldeias. A esperança é que ele melhore a saúde indígena no Estado”, disse.

De acordo com o cacique Laércio Marques, da Reserva Kadiwéu, a escolha do coordenador Lindomar não foi feita com aval de todos os caciques. “Nós repudiamos a nomeação, porque as bases não foram consultadas. Nem existe mais o Conselho Terena, ele foi extinto. Conselho Aty Guasu também não existe”, explica.

São 78 mil indígenas em 75 aldeias em Mato Grosso do Sul, além de 38 que foram retomadas. “Somos 8 etnias no Estado, e todas estão descontente com a nomeação. Estamos preparando uma equipe para ir no domingo a Brasília contestar a decisão. Não vamos deixar ele assumir. Vamos fechar os polos-base (Sesai de outras cidades), e temos expectativa ainda de bloquear rodovias do sul do Estado até sábado em protesto contra a decisão”, disse Marcelo da Silva Lins, da Aldeia Ofaié, de Brasilândia.

A medida que a equipe de reportagem do Jornal Midiamax conversava com os indígenas no prédio da Sesai, foi chegando mais lideranças insatisfeitas com a nomeação.

Pedro Luiz é presidente do Condis (Conselho Distrital de Saúde Indígena) na Aldeia Ipegue, de Aquidauana. “Não foi apresentado o por quê de substituírem o antigo coordenador, Hilário. Eles só impõem e querem que a gente aceite”.

Dionedison, que é um dos responsáveis pela assessoria de Lindomar, disse que algumas pessoas se manifestaram contra a nomeação de Lindomar, “mas que depois que ele assinou, eles mudaram de ideia e acabaram aceitando”.

“Essa meia dúzia de pessoas que disseram é uma história falsa. A maioria é contra a nomeação”, destacou Marcelo. 

Jornal Midiamax