Cotidiano

HRMS promete levantamento sobre mortes provocadas por bactérias

Primeiro prazo prometido não foi cumprido

Midiamax Publicado em 07/07/2015, às 13h17

None
hospital_regional_-_dg.jpg

Primeiro prazo prometido não foi cumprido

A assessoria de comunicação da SES (Secretaria de Estado de Saúde) informou na manhã desta terça-feira (7), que a direção do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) fará um levantamento sobre denúncias de que teriam ocorrido mortes provocadas por infecção bacteriana.

O diretor-presidente do HRMS, Justianiano Barbosa Vava, decidiu fazer o levantamento depois que surgiram boatos de que sete pacientes teriam morrido nos últimos dez dias por causa de infecções provocadas por bactérias.

Os óbitos não são confirmados pela direção, que ainda destacou que o HRMS tem o menor índice de mortes por infecção, se comparado aos hospitais do mesmo porte no Estado.

Segundo a assessoria de comunicação da SES, o levantamento será realizado pela equipe do CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar). Inicialmente ele prometeu que os registros seriam divulgados até o fim da tarde desta terça-feira. No entanto, às 17h, a ifnormação era de que o levantamento não havia sido concluído.

Jornal Midiamax