Cotidiano

Horto é pichado antes de reforma acabar e servidores reclamam da guarda

Núcleo da guarda será montado após termino de reforma em parque

Thatiana Melo Publicado em 20/05/2015, às 15h05

None
pichacao_horto.jpg

Núcleo da guarda será montado após termino de reforma em parque

O diretor do Centro de Convivência Vovó Ziza, Valdir Gomes, em postagem em sua página no Facebook fez críticas ao trabalho da guarda municipal, na manhã desta quarta-feira (20), com fotos da entrada do Horto Florestal toda pichada depois de ter passado por reforma recentemente.

De acordo com Valdir a Prefeitura havia concedido as tintas para a pintura, com mão de obra dos próprios funcionários. “Trabalhamos feriado, fins de semana para no outro dia estar tudo pichado, cadê a guarda?”, reclama o diretor. Valdir ainda diz que o terreno é de 5 hectares e que apenas dois guardas fazem o policiamento do local, sendo apenas um durante à noite.

 “Se não tem guardas suficientes, então que contratem guardas particulares”, afirma. O diretor ainda reclama de que os vidros trocados recentemente já estão todos quebrados. “Alguém vai ter que fazer tudo de novo”, diz.

Em contato com a assessoria da guarda municipal foi informado, que após o término da reforma do local um núcleo da guarda será instalado com número maior de pessoal para fazer a ronda do espaço. 

Jornal Midiamax