Cotidiano

Greve fecha agências bancárias na terça e pode faltar dinheiro nos caixas

Bancários rejeitam proposta de reajustes e vão parar 

Thatiana Melo Publicado em 02/10/2015, às 10h58

None
bancos_1.jpg

Bancários rejeitam proposta de reajustes e vão parar 

Depois da assembleia realizada na noite desta quinta-feira (1º), os bancários rejeitaram a proposta apresentada pela Fenabam (Federação Nacional dos Bancos) de um reajuste de 5,5%, a categoria aprovou o indicativo de greve e os bancos devem amanhecer fechados na próxima terça-feira (6).

“Hoje (sexta) já vamos avisar os bancários do interior e a paralisação deve ter adesão de 100%. A greve foi aprovada por unanimidade e por tempo indeterminado”, explica Neide Rodrigues, secretária-geral do sindicato.

Ainda de acordo com Neide, os caixas eletrônicos continuam em funcionamento, mas sem funcionários para fazer o abastecimento pode vir a faltar dinheiro nos caixas. “As operações nos caixas eletrônicos continuam, mas por exemplo, depósitos vão ficar parados já que não vai ter funcionários para realizar as operações”, fala.

Neide ainda afirma que não tem por enquanto nenhuma rodada de negociação marcada para a próxima semana.

A categoria pede um reajuste de 16% mais contratações e segurança. Campo Grande tem em média 130 agências bancárias 3 mil bancários, com média salarial de R$ 1.638,62.  

Jornal Midiamax