Cotidiano

Governo firma parceria para levar equipamentos da Microsoft a escolas de MS

Unidades devem receber equipamentos "2 em 1"

Kemila Pellin Publicado em 09/10/2015, às 17h37

None
img-20151009-wa0002.jpg

Unidades devem receber equipamentos “2 em 1”

As escolas estaduais de Mato Grosso do Sul devem ganhar reforço nos estudos, com tecnologia oferecida pela Microsoft, através de parceria firmada com o governo do Estado. O acordo foi assinado nesta sexta-feira (9) e vai garantir computadores “2 em 1” com a plataforma em operação para uso dos professores e alunos.

A intenção, segundo o governador Reinaldo Azambuja, é fazer com que os jovens tenham acesso a programas e ferramentas online já utilizadas por grandes corporações, tornando os estudantes capacitados para o mercado de trabalho. “A Educação é uma de nossas grandes missões, e não temos como falar de evolução na Educação sem falar também em tecnologia”, disse Reinaldo.

A corporação entre as duas partes constrói a base do programa Aprendiz Conectado, que vai oferecer aos 255 mil alunos da Rede Estadual de Ensino, matriculados nas 365 escolas estaduais, acesso a tecnologia na rotina escolar, além de preparar os jovens do ensino médio para o mercado de trabalho com capacitação e desenvolvimento de habilidades em Tecnologia da Informação.

Os equipamentos possuem o programa Office 365, que contém programas e ferramentas, como email, rede social corporativa, áudio e vídeo conferência, compartilhamento de documentos e materiais didáticos.

De imediato, uma sala modelo será montada na Escola Estadual Waldemir Barros da Silva, nas Moreninhas em Campo Grande. Para a escola, a Microsoft doou 20 equipamentos “positivo 2 em 1” com a plataforma em operação para uso dos professores e alunos.

Segundo o diretor do segmento de educação da multinacional, esse equipamento se transforma em tablet e notebook, dependendo da necessidade do usuário. “Ele é tablet quando o aluno precisar consumir conteúdo e computador quando precisar criar conteúdo”, disse.

Participaram da assinatura do termo, na Superintendência de Gestão da Informação (SGI), o governador Reinaldo Azambuja, da secretária de Educação, Maria Cecília Amêndola da Mota, do secretário de Fazenda, Marcio Monteiro, e do diretor nacional do segmento de educação da Microsoft, Antônio Morais.

Jornal Midiamax