Cotidiano

Em 2 horas, motociclistas sem CNH se envolvem em colisões no mesmo local

Os veículos também tinham a documentação atrasada

Midiamax Publicado em 27/04/2015, às 12h59

None
img-20150427-wa0029.jpg

Os veículos também tinham a documentação atrasada

No período de duas horas, dois motociclistas se envolveram em um acidente de trânsito no mesmo cruzamento na Vila Moreninha, região sul de Campo Grande. Dois fatos que chamaram a atenção dos socorristas que foram acionados é que os pilotos dos veículos não tinham CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e que a documentação da moto estava atrasada, por conta disso, populares ‘deram um jeito’ de escondê-las para que não fossem apreendidas.

Um deles ocorreu por volta das 9 horas desta segunda-feira (27), na Rua Copaíba, no cruzamento com a Rua Mururé. De acordo com o motorista de uma Ford F-4000, identificado como Moacir Costa Filha, de 60 anos, ele seguia pela Copaíba.

“Vinha pela Copaíba dando seta que viraria na Mururé, inclusive vi que tinha dois carros de passeio atrás de mim. Quando tive a oportunidade de fazer a conversão, só ouvi o impacto na minha porta”, lembra o motorista.

Populares que estiveram por lá contaram para a equipe do Jornal Midiamax e para o Corpo de Bombeiros, que o motociclista estava em alta velocidade, ultrapassou os veículos de passeios e não teve tempo de frear, quando o motorista do caminhão estava sinalizando para fazer a conversão.

Condutores ligaram para os bombeiros, ocasião que, alguns populares deram um jeito de esconder a motocicleta da vítima por estar com a documentação atrasada. O piloto foi socorrido e encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) das Universitárias, do Bairro Universitário, área sul da Capital.

Comerciantes disseram que no mesmo local ocorreu outro acidente anteriormente. “Foi uma diferença de duas horas que recebemos o chamado”, relata o sargento dos bombeiros Walber, que completa, “foi entre um veículo de passeio e uma motociclista, também sem CNH e sem documentação da moto”.

Os militares quando chegaram ao cruzamento, o local já havia sido desfeito. “A motorista do carro resolveu encaminhar a motociclista, não habilitada, para o hospital das Moreninhas e ficamos sabendo que populares teriam guardado a moto dela por não estar em dia e nestes casos, ela é apreendida”, informa.

Jornal Midiamax