Cotidiano

Depois de ‘tornado’ e estragos na região sul, meteorologia alerta para tempestade

Moradores da região sul descreveram ventos semelhantes a tornado

Wendy Tonhati Publicado em 24/11/2015, às 13h17

None
capa_1_6_0_copia.jpg

Moradores da região sul descreveram ventos semelhantes a tornado

Depois de ventos fortes e chuva intensa, que os moradores da região sul do Estado compararam a um tornado, a previsão para esta terça-feira (24), é de tempestade em Campo Grande e nas regiões sul, sudeste e leste de Mato Grosso do Sul. 

Na noite da segunda-feira e madrugada desta terça, ocorreram tempestades em Coronel Sapucaia e Amambai. Na última cidade, conforme o Corpo de Bombeiros, o temporal atingiu principalmente a zona rural. Houve alagamentos, queda de árvores, que interditaram estradas, uma casa foi destelhada e deixou feridos e a rede de alta tensão caiu em animais que acabaram morrendo. 

Nesta terça, a chuva deve continuar, conforme e Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O instituto emitiu alerta, valido até às 22h59, para chuvas intensas com possibilidade de queda de galhos de árvores, alagamentos, incidência de descargas elétricas e granizo. A precipitação pode ficar entre 30 mm/h e 50 mm/h ou 60 mm/dia até 100 mm/dia.

Conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul ), a instabilidade é gerada por um sistema de baixa pressão. Só deve escapar da chuva, a região noroeste (Corumbá, Ladário). 

Na região norte e bolsão chove em forma de pancadas e em alguns momentos poderá ser forte, poucas chances de temporais. As temperaturas máximas tendem a 34 °C na região onde compreende os municípios de Nioaque, Jardim, Porto Murtinho e Bela Vista. 

Na região sul a máxima não passará de 30 °C. A umidade relativa devido a instabilidade ficará mais alta e poderá ter o valor mínimo de 40%. 

Em Campo Grande, o céu fica nublado e possibilidade temporal com ventos fortes e descargas elétricas manhã e tarde. A temperatura pela manhã será de 20°C e a máxima 31°C. 

Estragos no sul

De acordo com o site A Gazeta News, de Amambaí, moradores relataram que a tempestade com ventos circulares semelhante a um tornado. Algumas árvores foram arrancadas pela raiz e outras cortadas do meio para cima.Depois de 'tornado' e estragos na região sul, meteorologia alerta para tempestade

Na região da base da Polícia Militar Rodoviária Estadual, na Rodovia MS-156, entre Amambai e Tacuru, pelo menos quinze postes de concreto de sustentação da rede elétrica acabaram caindo. Parte deles foram quebrados quase ao meio pela força do vento, deixando a própria a base da polícia e inúmeras propriedades rurais da região sem luz.

Em uma fazenda da região, a fiação da rede de alta tensão arrebentou e caiu sobre o rebanho, matando quinze vacas nelore.

Jornal Midiamax