Cotidiano

Convênios que somam R$ 31,5 milhões devem reativar fila zero

Valor será destinado para HC e Pênfigo

Midiamax Publicado em 26/11/2015, às 16h12

None
img-20151126-wa0029.jpg

Valor será destinado para HC e Pênfigo

Convênios que somam R4 31,5 milhões, assinado na manhã desta quinta-feira (25), devem ativar o Programa Fila Zero e garantir atendimentos e cirurgias oncológicas. Os valores foram destinados para o Hospital do Pênfigo e Hospital do Câncer Alfredo Abrão.

Segundo o prefeito Alcides Bernal (PP) a parceria com a Prefeitura prevê que o hospital do Pênfigo realize mais de 15 mil procedimentos, 11.400 exames pré-operatórios e com finalidade diagnóstica. A previsão é de que sejam feitos 22 mil atendimentos e que mais de 15 pessoas sejam beneficiadas.

Já o Hospital do Câncer deve realizar 132 mil atendimentos ao ano, duas mil cirurgias oncológicas e outras 190 ortopédicas, ou sejam, de quadril joelho e ombro.

O HC deverá receber 3,7 milhões pelas cirurgias e mais R$ 22 milhões o tratamento clínico de mais de 15 mi pessoas com câncer em Campo Grande. Ao todo serão 25,7 milhões apenas para o Hospital do Câncer.

Além das cirurgias e tratamentos firmados no convênio, parte do valor será utilizado para pagar uma dívida de R$ 1,6 milhão.  

Jornal Midiamax