Declaração foi feita durante evento no

A chefe da (Secretaria Municipal de Assistência Social), Janete Belini, declarou na manhã deste sábado (23), durante um evento no Noroeste, na região leste de Campo Grande, que os cofres da pasta estão com déficit de aproximadamente R$ 3 milhões.

Conforme a secretária, dos R$ 9 milhões que teriam de ser investidos pelo governo Federal, apenas seis foram repassados. “Ainda não recebemos as parcelas que são repassadas fundo a fundo e isso por conta da crise financeira que o país está enfrentando”, justifica.

Com recurso a menos, ela diz que a secretaria precisa se reorganizar para atender aos projetos. “Estamos nos replanejando. Trabalhando em cima de um saldo que já tínhamos e do que foi aprovado pelo Conselho Municipal de Assistência Social, mas mesmo assim esperamos que esse recurso seja repassado logo”, ressalta.

Entre os projetos organizados pela Secretaria, Janete destaca os programas que atendem às famílias no Jardim Noroeste, que nesta manhã realiza a 5ª edição do Projeto “Humanização e Cidadania”. O evento acontece na Escola Municipal “Senador Rachid Saldanha Derzi. O objetivo é oferecer gratuitamente, serviços de utilidade pública.

A dona de casa, Vânia Cristina Evangelista da Silva, de 35 anos, aproveitou a oportunidade para renovar o cadastro de habitação. “Vim fazer o recadastramento na Emha [Agência Municipal de Habitação de Campo Grande] porque assim fica mais fácil”, afirma. A estimativa é de que mais de 400 moradores participem das atividades oferecidas. 

Durante toda a manhã de hoje os moradores recebem informações, sobre mercado de trabalho, trânsito, orientações jurídicas e de combate à violência contra a mulher, além de, cadastro em estágios, aferição de pressão, teste de glicemia, entre outros. O evento também conta com oficinas e apresentação cultural.

Saiba Mais