Cotidiano

Coletores são dispensados, e só lixo hospitalar está sendo recolhido

Desde terça-feira à noite serviço está restringido

Wendy Tonhati Publicado em 17/10/2015, às 11h44

None
download.jpg

Desde terça-feira à noite serviço está restringido

A coleta de lixo em Campo Grande deve continuar parada neste sábado (17), em Campo Grande. De acordo com informações de coletores, eles vão ao trabalho, mas acabam dispensados pela empresa. A informação é de que apenas a coleta hospitalar será mantida. 

Os problemas com a coleta de lixo voltaram a assolar a Capital na terça-feira (13), quando, alegando falta de recursos para insumos, a Solurb diminuiu a quantidade de caminhões na rua. Na quinta-feira (17), a empresa divulgou estar operando com aproximadamente 25% da capacidade. 

No dia seguinte, a Solurb não voltou divulgar a capacidade de operação, mas desde então, segundo os coletores, o lixo parou de ser recolhido nas casas. 

Insumos

Uma emenda foi protocolada uma ação judicial pedindo que o dinheiro bloqueado judicialmente da Prefeitura seja liberado para a empresa. Na alegação, consta que somente R$ 1,5 milhão foram liberados dos mais de R$ 19 milhões bloqueados. 

A Solurb informou na ação que precisa de ao menos R$ 6,4 milhões para abastecer os veículos e pagar as pendências mais urgentes, mas que o ideal era que fossem disponibilizados R$ 12 milhões para aliviar as dívidas da empresa de água e luz pelos serviços já prestados. 

“Caso a empresa não tenha liberação do dinheiro bloqueado pela justiça ou o pagamento realizado por parte da PMCG, provavelmente a falta de insumos e pagamentos aos fornecedores, acarretará em suspensão dos serviços, até que a empresa possa saldar os compromissos com os fornecedores e ter o fornecimento dos insumos reestabelecidos”, dizia comunicado da empresa.

Jornal Midiamax