Cotidiano

Cansados de explicar caos em UPA, servidores indicam Midiamax para pacientes

Número foi afixado em recado na parede de uma UPA

Midiamax Publicado em 11/08/2015, às 23h11

None
unnamed.jpg

Número foi afixado em recado na parede de uma UPA

Servidores municipais de Saúde indicaram o WhatsApp do Jornal Midiamax para os pacientes reclamarem de problemas no atendimento de saúde de Campo Grande, como demora e falta de vagas. Um receituário colado na parede da UPA Coronel Antonino lista telefones de autoridades ligadas à área e, por último, do jornal.

“Toda hora tem alguém reclamando, dizendo que vai ligar pro Midiamax, mandar whats para vocês, então já colocamos logo o número ali. É uma forma de mostrar que nós servidores estamos no limite e não temos muito o que fazer. A população tem que cobrar dos políticos que conduzem o serviço público, não da gente”, diz um servidor.

A crise na saúde em Campo Grande é tanta que estava escrito a caneta os telefones de Jamal Salem, secretário municipal de Saúde, do Ministério Público, Ministério da Saúde, da polícia, do Samu e do WhatsApp do Midiamax.

Oficialmente, nenhum dos servidores que respondiam pela UPA comentaram a placa. Pacientes entendem a lista como prova das dificuldades. “A coisa está tão feia que já indicam para quem ligar para reclamar. Olha a que ponto chegamos”, disse Márcia Rezende, de 57 anos.

“Tem vez que nem ligando para todos esses números você consegue ser atendido”, lamenta o borracheiro Paulo Rubens da Silva.

Canal 

Desde o início do ano passado o Jornal Midiamax usa o número (67) 9207-4330 como canal de denúncias e sugestões de pauta via WhatsApp. A equipe de reportagem recebe diariamente mais de 100 mensagens, que são atendidas prontamente uma a uma. Muitas pautas viraram reportagens que tiveram grande repercussão em Campo Grande e até no resto do país surgiram via WhatsApp.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax