Cotidiano

Azambuja diz que pretende diminuir pela metade deficit habitacional em MS

Governador participou da entrega de casas populares no Portal Caiobá, em Campo Grande

Wendy Tonhati Publicado em 10/08/2015, às 14h42

None
img-20150810-wa0037.jpg

Governador participou da entrega de casas populares no Portal Caiobá, em Campo Grande

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participou na manhã desta segunda-feira (10), da entrega de 688 unidades habitacionais, no Residencial Celina Jallad, noPortal Caiobá II, em Campo Grande. Cada morador vai pagar valores entre R$ 25 e R$ 80 mensais pela residência.

Segundo Azambuja, o deficit habitacional do Estado é de 86 mil moradias. Ele disse que a expectativa é de que nos quatro anos de mandato, o número seja reduzido pela metade. O governador ainda citou a importância do lançamento do Programa Minha Casa Minha Vida 3 e de programas baseados nos FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para garantir moradia à população.

Sobre a infraestrutura no entorno  do residencial, o governador afirmou que o grande desafio é encontrar áreas públicas que já tenham os serviços essenciais. “Não basta ter casa e não ter posto de saúde e escola”. No caso do Residencial Celina Jallad, ele disse que em virtude do elevado número de residências, está acima do suporte do serviço puúblico no local e que a Prefeitura está providenciando os serviços como o transporte escolar.

O presidente da Caixa Econômica Federal Evandro Narciso afirmou que a previsão é de entregar 5 mil residências do Programa Minha Casa Minha Vida até o fim do ano. Ele ressaltou ainda, que é importante que a população pague o valor mensal determinado, para que o programa continue existindo.

Em Campo Grande, participou da entrega o ministro das Cidades, Gilberto Kassab. Em Anastácio, a 143 quilômetros da Capital, a inauguração de 809 moradias, no Loteamento Jardim Independência II, terá a visita da ministra de Estado de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.

Ambos participam do evento de inaugurações simultâneas de cinco conjuntos habitacionais, comandado pela presidente Dilma Rousseff, por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida, que estará ao vivo no Maranhão entregando dois residenciais em São Luís e um no município de Caxias. Nas demais cidades serão instalados telões onde ela faz as entregas por teleconferência.

Jornal Midiamax