Cotidiano

Após vistoria, terminais Bandeirantes e General Osório vão receber manutenção

A maior parte dos reparos a serem efetuados pela Prefeitura são provocados por vandalismo

Clayton Neves Publicado em 22/06/2015, às 18h57

None
20150622103115.jpg

A maior parte dos reparos a serem efetuados pela Prefeitura são provocados por vandalismo

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), realizou nesta segunda-feira (22) vistorias técnicas nos terminais Bandeirantes e General Osório em Campo Grande. O objetivo é fazer levantamentos que permitam o início dos serviços de reparados e manutenção nos pontos de embarque e desembarque do transporte coletivo da Capital.

De acordo com a diretora-presidente da Agetran, Elizabeth Félix, os terminais estão passando por serviços de manutenção e não de reforma. “Eu gostaria de pedir a apoio da população nos atos contra vandalismo. Fizemos a manutenção do Terminal Morenão e em menos de 48 horas os vândalos já tinham pixado a mureta de proteção”, afirma. 

Segundo  Alexandre Luiz dos Santos Soares, diretor de edificações da Seintrha e engenheiro responsável pelos restauros, a maior parte dos reparos acontece à noite e de madrugada. “Somente os pequenos reparos são realizados de dia, por conta do grande fluxo de usuários. Na madrugada, os trabalhadores também têm mais segurança para realizar a pintura das muretas. Como se trata de horário com baixo volume de veículos, a Agetran pode interditar uma das vias sem prejudicar o trânsito”, explica.

Denúncias contra o vandalismo

A maior parte dos reparos a serem efetuados pela Prefeitura são provocados por vandalismo. Para inibir esta prática criminosa, a Secretaria Municipal de Segurança Pública (Semsp) disponibiliza atualmente de dois a três guardas municipais nos terminais, 24h por dia, sete dias por semana. Além disso, a Assetur também está instalando câmeras de segurança que irão registrar não só a ação de pichadores, mas outros crimes que possam ocorrer nas dependências dos terminais.

Independente do local, o cidadão que presenciar atos de vandalismo deve fazer sua parte acionando a Guarda Municipal tanto pessoalmente por meio dos telefones gratuitos 199 ou 153. “Se a localidade não tiver Guardas Municipais, o Centro Integrado de Operações da Guarda enviará uma tropa imediatamente”, explica o titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública (Semsp), Valério Azambuja. “Mas nós estamos agindo de forma incisiva. Desde março, os atos criminosos nos terminais caíram consideravelmente, tanto as ações de vândalos como de crimes de outra natureza, tais como furtos”, completa.

Etapas de manutenção dos Terminais:
1 – Morenão
2 – Bandeirantes
3 – General Osório
4 – Guaicurus
5 – Júlio de Castilho
6 – Aero Rancho
7 – Hércules Maymone
8 – Nova Bahia
9 – Moreninha

Jornal Midiamax