Advogado afirma que prefeitura derrubou cerca e invadiu área privada no Noroeste

Advogado acredita que pode ter havido falha técnica da prefeitura na medição da área
| 04/01/2015
- 22:48
Divulgação

Advogado acredita que pode ter havido falha técnica da prefeitura na medição da área

O advogado Othon Nasser, do suposto proprietário da área do onde a prefeitura pretende reassentar as famílias da Cidade de Deus, afirmou na tarde deste domingo (4) que as cercas que estão sendo refeitas foram retiradas pela Prefeitura.

“Estão sendo refeitas porque eles derrubaram tudo e entraram na área”, afirmou.

Ainda de acordo com Nasser, a reintegração de posse está sendo reivindicada porque a prefeitura invadiu a área. “É nossa, é do meu cliente, eles fizeram uma rua dentro do terreno do meu cliente. A área total é 132 mil metros quadrados.  Eu não sei a metragem exata, mas em aproximadamente sete mil metros quadrados o município está entrando e fazendo as vias públicas, dentro do terreno do meu cliente”, declarou.

O advogado disse ainda que o transtorno pode ter sido causado por uma falha técnica da prefeitura, que não souber medir o terreno. “Existem, no processo, dois laudos demonstrando a invasão na área, a entrada da prefeitura. No meu ponto de vista por um erro técnico”, ressaltou.

Nasser comentou ainda sobre a mudança das famílias para uma parte da área. “Uma situação absurda, criar um a favela para desativar outra. Acho um absurdo o que a prefeitura está fazendo. Ao invés de criar um espaço digno, estão criando uma nova favela”, concluiu. 

Veja também

Corpo de Bombeiros realizam combate a um încêndio de grandes proporções no Bairro Vida Nova...

Últimas notícias