Travesti é esfaqueada por cliente quando fazia programa no Bairro Guanandi

Na madrugada desta sexta-feira (8), uma travesti foi vítima de esfaqueamento quando atendia um cliente na Avenida Marechal Deodoro, no Bairro Guanandi. De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais foram acionados para atender a uma ocorrência de lesão corporal, causada por arma branca. Ao chegar ao endereço, encontraram a vítima, J.I.F, de 50 […]
| 08/08/2014
- 14:38
Travesti é esfaqueada por cliente quando fazia programa no Bairro Guanandi

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais foram acionados para atender a uma ocorrência de lesão corporal, causada por arma branca. Ao chegar ao endereço, encontraram a vítima, J.I.F, de 50 anos, sendo atendida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

O homem disse aos policiais que é travesti e que fazia um programa, quando passou a ser agredido pelo cliente. A vítima acabou sendo ferida por facadas no ombro, coxa e tórax e foi encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário.

Os policiais fizeram rondas na região, mas não encontraram o autor do crime. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga como lesão corporal dolosa, quando há intenção de ferir.

Veja também

O Aeroporto Internacional de Campo Grande opera normalmente e sem restrições para pousos e decolagens neste sábado...

Últimas notícias