A Prefeitura de Campo Grande realizou na manhã deste domingo (15) uma carreata de conscientização e combate à dengue. A ação contou com a presença do prefeito da capital Alcides Bernal (PP) que acompanhou a carreata por poucas quadras e se retirou. O objetivo é conscientizar e convocar os moradores para que mantenham as residências sem recipientes que podem ser propícios para a proliferação do mosquito transmissor da dengue.

A carreata teve início na prefeitura, percorreu as principais ruas da capital e se reuniu na praça do Bairro Guanandi onde foram realizadas diversas ações de combate à dengue.

A redação chegou a receber uma denúncia anônima pela manhã de que os funcionários da prefeitura teriam sido obrigados a participar do evento e que secretários disseram para que eles “se lembrassem que são comissionados” antes de resolver não ir à carreata. A informação foi desmentida pelo secretário de Saúde, Ivandro Fonseca.

Na carreata, a presença de servidores foi confirmada. Segundo o secretário, foi feito um convite aos servidores de todas as secretarias de forma geral e deveria ‘participar quem quisesse’. O secretário afirmou que todos que estavam ali de maneira voluntária.

Além da carreata, com ações coordenadas, o município continuará com os mutirões, de forma a evitar uma epidemia.