Cotidiano

Nicarágua já conta 16 mortos pelas fortes chuvas

O Governo da Nicarágua informou nesta quinta-feira que um casal e um jovem morreram nas últimas horas por causa das intensas chuvas que castigam o país desde a semana passada e que já fizeram 16 vítimas. A primeira-dama nicaraguense e coordenadora do Conselho de Comunicação e Cidadania do Governo, Rosario Murillo, informou que o casal […]

Arquivo Publicado em 21/10/2011, às 01h37

None

O Governo da Nicarágua informou nesta quinta-feira que um casal e um jovem morreram nas últimas horas por causa das intensas chuvas que castigam o país desde a semana passada e que já fizeram 16 vítimas.


A primeira-dama nicaraguense e coordenadora do Conselho de Comunicação e Cidadania do Governo, Rosario Murillo, informou que o casal Danilo Castillo e Cristina Gutiérrez morreu na província de Estelí, no norte do país, ao tentar atravessar um rio junto a uma de suas filhas, que foi resgatada com vida.


Já Rodríguez Largaespada, de 26 anos, perdeu a vida quando tentava passar pelas águas de um rio no município de Boaco, no centro da Nicarágua.


Devido às intensas precipitações, a Nicarágua permanece em estado de calamidade e alerta nacional desde a última segunda-feira, e em nove dias contabiliza 16 mortes, 134.525 pessoas desabrigadas e cerca de 1 mil quilômetros de estradas destruídos.


A primeira-dama alertou que os meteorologistas locais preveem mais chuvas devido à criação de um novo fenômeno no Caribe que pode se transformar em tempestade tropical.


Rosario reiterou ainda que as equipes de socorro estão prontas para evacuar cerca de três mil pessoas que vivem nas margens do Lago Manágua, cujas águas tiveram elevação.


A Nicarágua, que já recebe ajuda humanitária da comunidade internacional, conta agora 36 mortos durante a temporada chuvosa que começou em 21 de maio.

Jornal Midiamax