Campanha contra a dengue estará na conta de luz durante período de chuvas

Campo Grande está entre os seis municípios de Mato Grosso do Sul que estão listados como “situação de alerta” pelo Ministério da Saúde. Isso significa que entre 1% e 3,9% da população desses municípios foi infectada pelo mosquito Aedes aegypti. Como forma de auxiliar no combate contra a dengue a concessionária de energia do estado […]
| 07/12/2011
- 17:59
Campanha contra a dengue estará na conta de luz durante período de chuvas

Campo Grande está entre os seis municípios de Mato Grosso do Sul que estão listados como “situação de alerta” pelo Ministério da Saúde. Isso significa que entre 1% e 3,9% da população desses municípios foi infectada pelo mosquito Aedes aegypti.

Como forma de auxiliar no combate contra a dengue a concessionária de energia do estado lançou a campanha “Dengue, combata com energia”. A campanha consiste em uma mensagem na conta de luz onde haverá orientações para combater a doença.

“As informações sobre os cuidados para impedir a epidemia da doença, comum nesta época de verão, vão chegar aos lares por meio da fatura de energia elétrica, um documento comercial que todo cliente guarda por, no mínimo, 12 meses, para registro e o controle de suas despesas”, explica o vice-diretor executivo Cyro Vicente Boccuzzi.

A mensagem educativa sobre a dengue vai ser veiculada durante todo o período da estação chuvosa, totalizando cerca de 3,2 milhões de contas de luz. A assessoria de imprensa reforça que a campanha deste ano tem como objetivo sensibilizar as pessoas a eliminar todo tipo de ambiente que possibilite a proliferação do mosquito transmissor da dengue.

O endereço eletrônico do Ministério da Saúde, onde é possível a qualquer pessoa acessar as publicações mais atualizadas para ter pleno conhecimento sobre a dengue e as formas de prevenção estão impressos na conta. O site é o www.combatadengue.com.br

Lançamento

A primeira fatura de energia elétrica de uma Unidade Básica de Saúde da Capital, personalizada com a nova campanha de combate à dengue, foi entregue na manhã desta quarta-feira (7), ao prefeito Nelson Trad Filho pelo vice-presidente da Enersul.

O prefeito disse que ação é muito importante e que todas as empresas deveriam ter responsabilidade social com a causa. Segundo ele, se todos se engajassem o número de casos da doença reduziria.

Ele ainda frisou que o que falta são ações concretas, “atitude”, para que a doença diminua. “É preciso ter atitude, é preciso despertar para isso”, disse.

Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde divulgou na segunda-feira (5) um mapa nacional da dengue. No estudo, seis municípios do Estado estão em situação de alerta para a doença. Foram classificadas como situação de alerta as cidades que tiveram resultado de infestação entre 1% e 3,9%.

Estão em alerta os municípios de Coxim (1,9%), Naviraí (1,4%), Três Lagoas (1,4%), Campo Grande (1,0%), Corumbá (1,0%) e Nova Alvorada do Sul (1,0%).

Nenhuma das 20 cidades alvos do levantamento em Mato Grosso do Sul está em situação de risco.

Veja também

Em meio a temores por uma recessão internacional e a tensões internas no Brasil, o...

Últimas notícias