Cotidiano

Sem chuva, Corumbá registrou umidade de 7%

Os índices de umidade relativa do ar registrados nos últimos dias em Corumbá vêm deixando muitas pessoas preocupadas, mas nada que se comparasse ao que aconteceu no dia do aniversário da cidade. Ontem, 21 de setembro, enquanto a população festejava os 232 anos de fundação de Corumbá, o município repetiu um dos menores índices de […]

Arquivo Publicado em 22/09/2010, às 13h31

None

Os índices de umidade relativa do ar registrados nos últimos dias em Corumbá vêm deixando muitas pessoas preocupadas, mas nada que se comparasse ao que aconteceu no dia do aniversário da cidade. Ontem, 21 de setembro, enquanto a população festejava os 232 anos de fundação de Corumbá, o município repetiu um dos menores índices de umidade já registrados este ano: 7%. O valor foi alcançado às 13 horas, quando a temperatura estava quase na casa dos 40 graus, fato que só havia acontecido no último dia 27 de agosto.


Do horário que começou o desfile cívico-militar, por volta das 16h30, até o horário que terminou a passagem das representações pela avenida General Rondon, por volta das 20h, a umidade relativa do ar veio aumentando, passando de 18% até atingir 37%.


Hoje, dia 22, a umidade do ar, por volta das 6 horas, apontava 47%, valor que indica que os percentuais de umidade nesta quarta-feira podem se igualar ou diminuir os 7% já registrados. No momento, o Aeroporto Internacional de Corumbá opera por instrumentos, com temperatura de 32°C e umidade relativa do ar em 36%.


Desde o dia 12 de julho, não chove em Corumbá. Na ocasião, foram registrados 2,2 milímetros de precipitação. Desde então, já houve quedas de temperaturas e, inclusive, o registro de garoas em alguns pontos da cidade, mas a grande quantidade necessária de água para melhorar as condições climáticas não caiu do céu.


O percentual entre 12 e 20% de umidade é classificado como estado de alerta pela Organização Mundial da Saúde (OMS).


De acordo com previsões entre amanhã, dia 23, até domingo, dia 26, os dias começam com sol, mas há a possibilidade de pancadas de chuvas e trovoadas. Os dados climáticos são do Inpe (instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Jornal Midiamax