Cotidiano

Chuvas no Paraná afetam mais de 4.000 pessoas e matam três

As fortes chuvas que atingiram o Paraná durante a semana afetaram 4.041 pessoas. Segundo balanço deste domingo da Defesa civil do Estado, são 748 desalojados (em casas de amigos e parentes), 778 desabrigados (dependem de abrigos públicos), 719 casas danificadas e 73 casas destruídas em todo o Estado. No total, são 14 municípios atingidos, com […]

Arquivo Publicado em 31/01/2010, às 13h37

None

As fortes chuvas que atingiram o Paraná durante a semana afetaram 4.041 pessoas. Segundo balanço deste domingo da Defesa civil do Estado, são 748 desalojados (em casas de amigos e parentes), 778 desabrigados (dependem de abrigos públicos), 719 casas danificadas e 73 casas destruídas em todo o Estado.

No total, são 14 municípios atingidos, com 12 pessoas feridas, além das três mortas e duas desaparecidas no município de Sengés (PR), no norte do Estado, próximo à divisa com o Estado de São Paulo. Segundo informações da Defesa Civil do Paraná, as pessoas mortas seriam da mesma família e estariam numa casa que foi arrastada pela força da água.

A chuva deixou Sengés isolada depois de provocar duas crateras de cerca de dez metros de profundidade na rodovia PR-239 (prolongamento da PR-151). As pontes entre São João da Boa Vista (SP) e Itararé (SP), nas PR-151 e PR-90, caíram. A cidade também ficou sem comunicação. Telefones fixos e móveis não funcionavam.

Sengés

A Defesa Civil montou uma base de operações em Jaguaraíva para atender Sengés. Duas aeronaves do governo do Paraná fazem a ponte aérea entre as duas cidades. Duas pessoas que teriam se afogado estão sendo procuradas e 38 foram para um abrigo da prefeitura de Sengés.

Jornal Midiamax