Encruzilhada

Líderes governistas no Senado e ministros palacianos estão numa encruzilhada e tentam
chegar a um consenso sobre a orientação que vão levar ao presidente Lula sobre o
Marco Temporal das Terras Indígenas, aprovado pelo Senado. Uma ala defende veto
total ao projeto, enquanto outra avalia que apenas trechos devem ser derrubados. O
presidente Lula tem até o dia 20 de outubro para avaliar a sanção à proposta. Se o veto
for parcial, alguns pontos polêmicos já foram mapeados pelos conselheiros do petista.
Entre eles, a liberação de empreendimentos sem que os indígenas sejam consultados e
autorização do garimpo e a plantação de transgênicos dentro de terras indígenas. A
Comissão Guarani da Verdade, que representa o povo Avá-Guarani, protocolou uma
carta ao presidente Lula na qual pede o veto total da proposta.

Efeméride

Para 58% das pessoas idosas, as calçadas de pedestres são consideradas ruins; 29%
consideram razoáveis e 10% avaliam como ótimas. Pesquisa do DataSenado feita para
marcar os 20 anos do Estatuto da Pessoa Idosa mostra ainda que as condições de acesso
ao transporte público são ruins para 45% dos entrevistados, razoáveis para 39% e
avaliadas em ótimas por apenas 12% dessa população.

Queixa-crime

O deputado bolsonarista Gustavo Gayer (PL-GO) é alvo de queixa-crime por injúria.
Ele chamou – em rede social – o ministro dos Direitos Humanos, Sílvio Almeida, de
“analfabeto funcional” ou “completamente desonesto”. A petição foi protocolada no
STF pela Advocacia-Geral da União. Na queixa, a AGU assinala que as declarações do
deputado não estão protegidas pela imunidade parlamentar.

Seca forte

A seca forte deste ano fez o leito do Rio Negro baixar até seis metros, afetando as
atividades de sobrevivência e de turismo de dezenas de comunidades ribeirinhas, como
a de Tumbira, Igarapé na entrada do arquipélago de Anavilhanas. Vídeo enviado à
Coluna pelo líder da comunidade Roberto “Garrido” mostra o efeito devastador das
mudanças climáticas no Rio Negro. Tumbira fica a 80km de Manaus.

Proventos

A indústria e os bancos não estão mais sozinhos, quando se trata de pagar salários altos
a seus executivos. O agronegócio brasileiro, responsável por boa parte do PIB Nacional,
entrou de cabeça na lista dos bons pagadores. Salários de R$ 50 mil para a área de
informática ou de até R$ 100 mil para quem cuida de mercado internacional já são
tratados com naturalidade no setor.

Inverdades

Sob novo presidente, Luís Barroso, o STF segue alvo de propagadores de inverdades.
Estudo realizado pelo Núcleo de Integridade da Informação (Agência Nova) apontou
cinco frentes de desinformação: de que o STF interveio na eleição de 2022 a favor do
presidente Lula; é uma extensão do governo Lula; persegue Jair Bolsonaro, seus
apoiadores e aliados; tem motivação política e legisla fora de seus limites
constitucionais.

ESPLANADEIRA

# Gafisa realiza evento no Rio para apresentar projetos de residências de luxo no eixo Rio-SP. # RIOPARTS 2023 acontece entre os dias 4 e 7. # Hospital Madre Theodora inaugura nova unidade em Campinas. # Prudential abre inscrições para o Prêmio Jovens Visionários com prêmio de R$ 30 mil. # Ambev anuncia investimento de R$ 45 milhões na promoção do consumo moderado entre 2022 e junho de 2023. # Rio Branco (AC) apresenta diesel S10 mais caro do Brasil custando R$ 6,97.