O presidente da , (PP-AL), confirmou nesta segunda-feira, 21, que a relatoria do arcabouço fiscal ficará com um deputado de seu partido, como adiantou o Estadão/Broadcast na última quinta-feira, 16.

Lira disse que pensou em dar a relatoria ao União Brasil, mas que o fracasso das negociações entre os dois partidos para formar uma federação eliminou essa possibilidade. O presidente da Câmara afirmou que o nome do parlamentar do PP que vai relatar a proposta ainda não foi decidido.

A expectativa era de que a proposta de arcabouço fiscal fosse apresentada ainda nesta semana, mas o presidente Luiz Inácio da Silva disse que o anúncio ficará para depois de sua viagem à China, que ocorrerá de 26 a 31 de março.

Saiba Mais