Milton Ribeiro explicará gabinete paralelo de pastores a colegiado do Senado

Além disso, em áudios divulgados pela imprensa, o chefe da pasta afirmou priorizar os amigos do pastor Gilmar
| 24/03/2022
- 10:52
Milton Ribeiro explicará gabinete paralelo de pastores a colegiado do Senado
Foto: Agência Brasil

A Comissão de Educação e Cultura do aprovou nesta quinta-feira os requerimentos de convite apresentados pelos senadores Jean Paul Prates (PT-RN) e Randolfe Rodrigues (REDE-AP) para que o ministro da Educação, , dê explicações sobre "gabinete paralelo" instalado no Ministério da Educação (MEC) operado por pastores. O ministro comparecerá à comissão na próxima quinta-feira, 31.

"Urgente: Acabamos de aprovar na Comissão de Educação do Senado a vinda do Ministro da Educação, Sr. Milton Ribeiro, para explicar as acusações do Bolsolão do MEC!", disse Randolfe em publicação no Twitter.

Como revelou o Estadão, a atuação do titular do MEC, Milton Ribeiro, tem sido "dirigida" por um grupo de religiosos sem nenhum vínculo com o ministério ou o tema Educação. Capitaneado pelos pastores Gilmar Silva dos Santos e Arilton Moura, o "gabinete paralelo" age para facilitar a liberação de recursos, permitir o acesso de outras pessoas ao ministro e interferir na gestão da pasta.

Além disso, em áudios divulgados pela imprensa, o chefe da pasta afirmou priorizar os amigos do pastor Gilmar, no repasse de verbas aos municípios, a pedido do presidente Jair Bolsonaro.

Veja também

Recurso foi apresentado pela União em defesa do CTB

Últimas notícias