Brasil

Governo do Maranhão continua monitorando as chuvas no estado

Nesta sexta-feira (7), a comitiva liderada pelo vice-governador Carlos Brandão esteve nos municípios de Mirador

Agência Brasil Publicado em 07/01/2022, às 22h06

Agência Brasil
Agência Brasil

O governo do estado do Maranhão segue monitorando as informações do clima e gerenciando as operações de auxílio aos municípios afetados pelas fortes chuvas dos últimos dias. Diagnosticado com o covid-19, o governador Flávio Dino está impossibilitado de observar os trabalhos de perto, mas segue acompanhando a situação dos municípios por meio do comitê estadual criado para enfrentar o problema. 

Nesta sexta-feira (7), a comitiva liderada pelo vice-governador Carlos Brandão esteve nos municípios de Mirador, Colinas e Grajaú para vistoriar a situação após os temporais.

Em Mirador, uma das cidades mais atingidas pelas chuvas e onde a elevação do nível do Rio Itapecuru provocou a destruição de casas, a interrupção de vias públicas e deixou mais de 200 famílias desabrigadas e desalojadas, algumas vias do município começaram a ser liberadas com a redução do volume de água do rio nas últimas 24 horas.

Apesar do cenário mais favorável ao estado de alerta permanece. 

O governo do estado tem realizado a entrega de cestas básicas nas cidades afetadas pelos temporais. Segundo a Secretaria de Estado de Governo até o momento já foram entregues 4,52 mil cestas de alimentos. Sendo 2,15 mil cestas básicas para a cidade de Colinas e região, 1 mil para a cidade de Mirador e 700 para a cidade de Imperatriz. 

Em nota divulgada na quinta-feira o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão afirmou que cinco cidades maranhenses decretaram situação de emergência. São elas Mirador, Grajaú, Barra do Corda, Jatobá e Paraibano.

Ainda é de acordo com as corporações equipes de bombeiros, viaturas e embarcações sendo sentidas para as regiões mais atingidas estão estão acontecendo pelas chuvas.

Jornal Midiamax