Brasil

Bolsonaro manda avião da FAB buscar médico nas Bahamas, diz site

Em reservado, parlamentares questionaram atitude do presidente

Kellen Bueno Publicado em 03/01/2022, às 11h05

None
Reprodução

A informação de que o presidente Jair Bolsonaro (PL) teria solicitado um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) para buscar o médico Antônio Macedo nas Bahamas causou burburinho entre parlamentares, conforme divulgado nesta segunda-feira (3) pelo site o Antagonista.

Parlamentares, em reservado, questionam a necessidade de utilizar uma aeronave da FAB para buscar o médico que o acompanha desde o atentado em 2018, quando o presidente foi golpeado com uma facada. A exclusividade do profissional tem causado um incômodo entre alguns deputados.

Médico de Bolsorano, Antonio Macedo terá de mudar seu destino praiano de Bahamas para o hospital Vila Nova Star, em São Paulo. Isso porque o presidente encontra-se internado com um quadro de suboclusão intestinal e poderá passar por cirurgia.

“Não tem outro médico no Brasil que pode cuidar do presidente? Precisa mesmo enviar um avião da FAB para buscar um médico específico? Só tem esse médico? Penso que só se justificaria se for algo realmente gravíssimo, gravíssimo, o que não espero que seja. Desejo melhoras ao presidente”, disse um senador.

Segundo site O Antagonista. Um deputado também comentou, pedindo reserva, achar “estranho” que o presidente tenha de ser atendido por um médico específico nessa situação e que, para isso, o governo tenha de mobilizar a FAB. “Eu tenho uns cinco excelentes médicos nessa área para indicar para o presidente, se ele quiser”.

Após a publicação desta matéria, a assessoria de imprensa da FAB negou que algum avião da Força será utilizado para buscar o referido médico.

*Atualizado às 12h para acréscimo de posicionamento da FAB.

(Com supervisão de Guilherme Cavalcante)

Jornal Midiamax