Avó mata a pauladas um homem que tentou violentar neta: ‘’não vai mais estuprar ninguém”

Outras duas pessoas foram detidas suspeitas de participação no crime
| 27/04/2022
- 10:58
Avó mata a pauladas um homem que tentou violentar neta: ‘’não vai mais estuprar ninguém”
Foto: 10º Batalhão da Policia Militar do Paraná - Apucarana

Uma mulher de 64 anos foi presa por homicídio no último domingo (24), em Apucarana, no Paraná. Isso porque ela matou um homem de 35 anos a pauladas, após ele tentar estuprar sua neta, de 13 anos. Aos policiais, a mulher disse que não se arrepende e declarou que agora ele não vai mais estuprar, nem roubar ninguém.

Segundo a mulher, sua neta gritou por socorro após o invadir a residência e tentar estuprar a adolescente. Depois da ação, o homem fugiu e, segundo a menina, ele não conseguiu consolidar o crime.

Fugitivo, o homem foi procurado e encontrado na tarde do domingo pela avó, que confessou o crime e disse que não se arrepende. Ela já o conhecia e disse que o ajudava, deixando-o tomar banho e usar o banheiro de sua residência, mas nunca imaginou que ele cometeria tal abuso com sua neta.

“Minha neta é esperta, luta karatê e sabe se defender. Ele arrombou a porta da nossa casa e foi para o quarto dela. Como ela se defendeu, saiu correndo. Eu conhecia dele porque o ajudava, deixava ele tomar banho e usar nosso banheiro, mas não imaginava que ele iria cometer isso – disse a mulher ao Portal TN Online.

Ao ser detida pelo homicídio, a avó declarou aos agentes da polícia que não sente remorso. “Matei mesmo, meu marido não fez nada, mas eu sei. Pelo menos ele não vai mais furtar, nem roubar e nem estuprar mais ninguém”.

O crime

Conforme informações da PM, a tentativa de estupro foi notificada ainda na madrugada de sábado (23) para domingo. Quando a polícia chegou, o suspeito havia fugido do local.

Mais tarde, a senhora, avó da adolescente, encontrou o homem e o matou a pauladas. Segundo a polícia, outras duas pessoas suspeitas participaram do homicídio e também foram presas, um homem que teria ajudado, está foragido.

O caso está sendo investigado pela de Apucarana, de acordo com os agentes todos os envolvidos tem passagem pela polícia.

Veja também

Em agenda neste sábado (02) em Salvador (BA), o presidente Jair Bolsonaro (PL) prometeu que...

Últimas notícias