Atração turística de Petrópolis, Museu Imperial sofreu poucos danos

Segundo uma nota divulgada hoje (18), o palácio e o acervo foram preservados
| 19/02/2022
- 04:27
Agência Brasil
Agência Brasil

Uma das principais atrações turísticas do centro histórico de Petrópolis, o Museu Imperial sofreu poucos danos decorrentes da forte chuva que atingiu a cidade na tarde da última terça-feira (15). Segundo uma nota divulgada hoje (18), o palácio e o acervo foram preservados. A Casa Cláudio de Souza, que funciona como sucursal em outra localidade do centro, também não sofreu danos.

"Os Jardins do Complexo foram afetados, porém sem grandes prejuízos ao espaço. No local, há lama na parte mais baixa e não houve quedas de árvores ou das peças externas, como estátuas e postes. Todo o gramado e os canteiros estão preservados e as equipes de jardinagem, limpeza e manutenção iniciarão os reparos que forem necessários", acrescenta o texto divulgado pelo museu.

Um imóvel separado onde funcionam o refeitório e vestiário dos funcionários sofreu impactos em decorrência de um deslizamento. O Pavilhão das Viaturas, um anexo que abriga vagões e carruagens do século 19, também foi atingido nos fundos por uma barreira, mas as peças não sofreram danos.

O centro foi uma das áreas da cidade mais atingidas no temporal, que causou estragos e deslizamentos de terra em diversos bairros. Quando o volume de chuva se intensificou, havia cerca de 30 pessoas no Museu Imperial, entre visitantes e funcionários. Eles se abrigaram no local até a manhã seguinte.

O governo do Rio de Janeiro afirma ter sido a pior chuva registrada na cidade desde 1932. Já foram confirmadas 136 mortes. O e a municipal vem atuando nas buscas e na evacuação das áreas de risco. Há preocupação com novos deslizamentos, diante da previsão de mais chuvas.

Detentor do principal acervo do país relativo ao império brasileiro, o Museu Imperial guarda cerca de 300 mil itens museológicos, arquivísticos e bibliográficos. Além de uma exposição permanente, o local recebe constantes eventos, exposições temporárias e projetos educativos. Desde o temporal, o espaço está fechado ao público e ainda não há previsão para reabertura.

Outras atrações turísticas da cidade também foram poupadas pela chuva e não sofreram grandes danos. De acordo com o Instituto Municipal de Cultura (IMC), o Museu Casa de Santos Dumont e o Museu Casa do Colono não foram afetados.

Já o Theatro Dom Pedro, que atualmente está em obras, e o Centro Cultural Estação Nogueira, que abriga o Museu do Trem, registraram pontos de alagamento, mas os acervos estão preservados.

Também não houve grande impacto no Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, no distrito de Itaipava, localidade menos afetada pela chuva. O espaço, no entanto, foi fechado para visitantes e transformado em ponto de apoio para o recebimento de doações.

Veja também

No Calendário Nacional de Vacinação, o imunizante está disponível para pessoas de 12 meses a 59 anos

Últimas notícias